domingo, 30 de maio de 2010

Turquia e as gratas surpresas!

Olá pessoal,
Boa tarde.

A F1 chegou a Turquia para a sétima etapa da temporada 2010. Uma pista desafiante e única com uma seqüencia de curvas e retas que encanta, e muito, este que vos escreve.

Aquele S no início do traçado que lembra muito a famosa curva de Interlagos, a curva 8 com 4 pernas rápidas para a esquerda feitas a mais de 260 km/h seguida de uma grande reta com um ponto de freada muito forte, o sentido anti-horário da pista, curvas rápidas e lentas.

Tudo isso faz de Istanbul Park uma pista única, mas ainda uma obra de Hermann Tilke, o principal vilão da emoção da F1. Pelo conjunto do circuito, acredito que esta seja a melhor pista desenhada por ele dentro atual calendário.
Sem títuloSoubemos no início desta semana que a partir de 2012 a F1 retornará aos Estados Unidos com uma corrida em Austin. Tilke será novamente o responsável pelo desenho da pista. Além disto, este ano estréia o GP da Coréia do Sul com um traçado também assinado por ele. Veremos o que nos espera.

Logo no início da corrida já percebemos o quanto a corrida seria boa. Uma intensa disputa de posições entre os carros da Red Bull e McLaren, grandes protagonistas da corrida. Na largada, Vettel passou Hamilton que na curva seguinte recuperou a posição em uma ótima recuperação. Webber, novamente com uma ótima largada seguiu livre na primeira posição. Fechando as duas equipes protagonistas, aparecia Jenson Button em quarto logo após recuperar a posição perdida para Michael Schumacher na largada.
155179A partir daí, a corrida foi dividida em dois pelotões: Os 4 primeiros colocados disputando a ponta e o resto.

Em toda a corrida, a disputa entre os 04 pilotos das 02 principais equipes desta temporada (sim, o primeiro pelotão já ficou restrito a duas equipes) foi intensa e muito agressiva. Tão agressiva que o jovem e talentoso, Vettel colocou a dobradinha da Red Bull a perder quando decidiu atacar seu companheiro Webber no meio da prova.

Mostrou imaturidade sobre pressão e desperdiçou uma ótima oportunidade de marcar um bom numero de pontos já que tinha herdado a segunda posição de Hamilton nos boxes em uma falha da equipe McLaren. Sua manobra resultou em um choque com o companheiro e o seu abandono. Muito se falou durante a transmissão sobre a inocência de Webber neste episódio e eu, que declaradamente não gosto do australiano, concordo com tudo o que foi dito.

Webber defendia sua posição e fez tudo o que o regulamento permitia para defender sua posição. Seria ultrapassado na curva seguinte já que Vettel tinha a preferencia para contornar a curva, mas em um total “achismo” do alemão que jogou seu carro para fazer a tangência da curva a direita, Webber perdeu a primeira posição e teve que se contentar com a terceira colocação ao final da prova.

Vettel sempre foi muito protegido e preferido dentro da equipe, mas depois do que aconteceu hoje na Turquia, certamente perderá mais terreno para seu companheiro e, consequentemente, perderá também o canal da playboy em seu motor home. Veremos se assim o jovem piloto aprende a respeitar os mais velhos.
155197A partir deste momento, veríamos uma nova briga entre companheiros de equipe. Certo que esses, muito mais experientes que os dois da Red Bull, Lewis Hamilton e Jenson Button protagonizaram a melhor disputa de toda a corrida deste domingo.

Em algo similar a disputa de Hamilton com Vettel no início da corrida, Button disputou algumas curvas com seu companheiro de equipe até perder definitivamente a disputa pela liderança da corrida ao final da curva 2.
155219Hamilton em mais uma excelente demonstração de seu talento pode vencer sua primeira corrida desde o GP de Cingapura de 2009 quando ainda ostentava o número 1 em seu carro.

Em 2010, com o número 2, levou 7 etapas para chegar ao seu primeiro trunfo.
Sempre disse aqui que, em 2010, minha torcida era para Alonso e Hamilton e que, seja lá qual fosse o campeão, eu ficaria feliz. Já percebia isto em algumas das ultimas corridas, mas hoje pude ter certeza. Minha torcida principal é para Lewis Hamilton em 2010. O inglês, que é chamado de “Showman de 2010”, vem enchendo meus olhos de alegria com suas corridas.

É um dos poucos que bate de frente com a Red Bull. Claro que o equipamento conta, tanto que Button também esta perto, mas Button faz isso com cautela e estratégia. Por ser fã de pilotagem agressiva e destemida, fica minha torcida para Lewis Hamilton até o resto da temporada.
155190Para não dizer que não falei das flores, no segundo pelotão da corrida, muito pouco aconteceu. Muitas ultrapassagens mas sem muitas emoções. Massa foi discreto assim como Alonso que, com a Ferrari que tem, conseguiu ganhar 4 posições em relação a posição de largada contra apenas 1 posição ganha por Massa. Alonso largou em 12º e terminou em 8º, já Massa largou em 8º e terminou em sétimo.

Vale ressaltar que Alonso teve problemas no Q2 e por isso largou na 12ª posição. Se considerarmos o que foi dito pelo narrador oficial, Felipe Massa foi mais rápido que Alonso no final de semana devido ao calor e por isso largou na frente. ERRADO!
Felipe Massa largou na frente devido ao erro do espanhol que, não fosse este detalhe, largaria na frente do brasileiro mais uma vez. Até aqui, o espanhol vem ganhando do brasileiro com um 4 a 3 em posições de largada.

Apesar de Massa ganhar de Alonso em posições de chegadas, 4 a 3 para o brasileiro, o espanhol ainda está a frente de Massa na tabela de classificação com 79 pontos contra 67 do brasileiro.

Ao conquistar a oitava posição em cima de Vitaly Petrov da Renault, Alonso teve um choque normal de corrida com o russo que resultou em um pneu estourado do carro de Petrov. Ao final da corrida, Alonso pediu desculpas ao russo e os dois protagonizaram uma cena rara na F1.
155195Cena não tão rara foi a de Button e Hamilton se dando bem após 7 etapas do campeonato. Confesso que eu era um dos que achavam no início do ano que sairiam faíscas desta dupla formada pelos dois últimos campeões mundiais. Até aqui, o que se vê é um bom relacionamento entre ambos com ótimas disputas na pista. Hoje foi mais um exemplo da convivência da dupla mais forte da F1 atual.
155191Após o GP da Turquia, o campeonato permanece aberto mas já com a tendência a considerarmos apenas Webber, Vettel, Hamilton, Button e Alonso na disputa do título. Acredito que Massa não terá pique para acompanhar os ponteiros durante o resto da temporada e Vettel, apesar do ocorrido hoje, ainda tem tempo e equipamento para reverter a situação e sagrar-se campeão mundial.

Em resumo, o GP da Turquia foi, para mim, a segunda melhor corrida que tivemos neste ano perdendo apenas para o GP da Austrália. E vocês?

Qual a sua corrida preferida que foi disputada da temporada 2010? Votem na nova enquete do blog.

Voltamos em duas semanas com o GP do Canadá, quando a F1 retorna ao circuito Gilles Villeneuve. Durante este intervalo, voltaremos com novas atrações engraçadas para nossos leitores e fãs.

Obrigado pela atenção e muita velocidade a todos.

Até a próxima.

Crédito das imagens: GP Update

++


3 comentários:

Cláudio Souza disse...

Foi uma ótima corrida, ainda acredito que o GP australiano foi melhor, mas essa batalha entre os companheiros de equipe foi fantástica! Nota: o Schumacher está chegando... hj foi o 4o lugar...

Lucas Soares disse...

Gostei muito da corrida. As disputas entre companheiros de equipe foram sensacionais!

O blog está ótimo, continuem assim!

Renata disse...

Nossa, muito interessante... eu que não entendo de formula 1 consegui ter uma idéia bem melhor do que está rolandonesta temporada e achei o texto bem completo.